Para nossos Corações



Sinto o Teu amor

Como um suave alento

De bem-aventurança

Que respira

Em meu corpo

De universos.


Percebo Teu refulgir

Nas radiantes

Cintilações

De minha mente


Percebo Tua luminosidade

Nas ondas

De sabedoria

Da minha consciência


Percebo como luz

De inspiração solar

Tua sustentação

No meu corpo.


Percebo

Os meus pensamentos

No ritmo do Teu equilíbrio

E o meu desejo

No espaço do

Meu coração


E assim

Resido

No templo dos

Nossos corações

Para todo sempre,

E em toda a criação.


Escrita por Janete Ferreira

14/06/2021


Inspirada em

Paramahansa Yogananda,

no livro *

Meditações Metafísicas.*

❣️🌱💫

18 visualizações0 comentário