De Jeito




O que pode fazer

Um coração machucado

Se não criar

Um jeito

De sobreviver.


Um jeito

E um medo

O medo de errar

E o medo de amar.


E o medo me convida

A ser perfeita

Não posso ousar

Não quero experimentar

O que não tenho

Certeza.


Não aprendo

Não cresco

Não vivo

Não mexo.


Eu me apego

No que dá certo

No sucesso

E no meu ego


Mas se eu amar.

Posso arriscar

Posso sair do lugar

Aprendo a doar

Errar e levantar.

E deixo o medo

Passar.


Porque o medo que sinto

E o jeito que crio,

De não me dar,

O que acho

Que não mereço ter.


Escrita por Janete Ferreira

27/07/2021

🙏🌱❤️

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo