O Amor






O Amor

É uma única

E mesma porta,

Aonde não faz frio

Nem calor.


Para abrir a porta

É preciso caminhar,

E deixar ir.

Porque ir e voltar.

Tem o mesmo sabor.


Como é bom

Encontrar o Amor ali

Ao olhar na porta

Quando eu sentia frio,

E queria calor.


Porque

Esse olhar

Que aquece

Que aconchega

Tem cheiro

De Amor.


O mesmo Amor.

Que está no agora.

O que fica.

O que vai.

E volta.


E quando volta

É maior,

Porque desejou voltar.

Pela mesma,

Única porta.

Aonde não faz frio,

E nem calor.


Porque o Amor

Mora no desapego.

Habita liberdade.

E é isento

À temperaturas.


Escrita por Janete Ferreira

11/12/2021

🙏❤️🌱

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo